Luisa Puterman | Bate-Papo

18 de Março de 2019

Notas, samples, sustos, texturas, tempos, labirintos, envelopes, imprevistos... É em busca de novas arquiteturas sonoras que a produtora musical e compositora Luisa Puterman investiga relações entre o acústico e o eletrônico.

Perguntas

  1. Vamos começar falando como vocês dividiram esses momentos, como vocês chamam essas narrativas, essas paisagens sonoras?
  2. Como você traça esses fragmentos do sampler com a arte contemporânea, vocês vêm esses paralelos?
  3. Quais são as tuas referências na música?
  4. Como é o conceito do “escuta atenta”?
  5. Depoimento e pergunta de Chico Dub: como você fica atenta e quais são as dicas para escrever projetos ao redor do mundo?
  6. Depoimento da bailarina e coreógrafa Clarissa Sacchelli.
  7. O processo de criação vem de algum texto, imagem, ou do improviso?
  8. Conta como é fazer um trabalho para um projeto de dança?
  9. Há quanto tempo vocês estão desenvolvendo essa interação? Hoje foi tudo "suave" ou rolou umas “lombadinhas” do improviso?
Voltar ao topo